NBfisio
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

“ A sua saúde em boas mãos”

 
 
 
 
 
 
 
 
 

Osteopatia

 

 
 
 
 
 
 
 

Dor na coluna vertebral

 
 
 
 
 
 
 

Dor de cabeça

 
 
 
 
 
 
 

Lesões desportivas

 
 
 
 
 
 
 

Correção Postural

 
 
 
 
 
A Osteopatia é uma terapia manual, assente num diagnóstico com os seus próprios princípios subjacentes. Permite detetar e tratar áreas afetadas, restabelecendo a natural capacidade de cura do organismo. Centra-se no facto de que a dor e a disfunção que sofremos, tem origem em alterações da estrutura e função do nosso organismo. A Osteopatia age sobre músculos, ligamentos, nervos, articulações e órgãos, através de uma vasta gama de técnicas manipulativas, quer em tecidos moles como a pele, quer a nível estrutural nos ossos.
 
 

Trata essencialmente

 
  • Problemas de coluna
  • Dor ciática
  • Dores de cabeça
  • Disfunções desportivas
  • Inflamações nervosas
  • Alterações Biomecânicas
 
Preço:
1ª consulta e tratamento: 40€
Tratamentos seguintes: 35€
Osteopatia ao domicílio: 60€
 
 
 
 
 
 
 

Osteopatia Pediátrica

 

O que é?

 
A Osteopatia Pediátrica é uma área de intervenção que tem por base a avaliação e o tratamento de crianças (dos 0 aos 18 anos) com o principal objetivo de repor a mobilidade e o alinhamento às articulações, permitindo que o desenvolvimento seja natural.
A atuação da osteopatia na pediatria é realizada por meio de mobilizações específicas e suaves que promovem o equilíbrio das tensões nos diferentes tecidos (ossos, articulações, tendões, músculos, fáscia, órgãos) e sobretudo no sistema nervoso autónomo.
 
 
 
 
 

Qual as principais causas destes desalinhamentos?

 
  • Posição do bebé no útero, especialmente no último trimestre de gravidez;
  • Cesariana, parto prolongado, necessidade de recorrer a ventosas ou forceps;
  • Parto induzido/com recurso a medicação;
  • Traumas.
 
 
 

Em que casos a Osteopatia Pediátrica pode ajudar?

 
  • Plagiocefalias (deformação/achatamento do crânio);
  • Torcicolo;
  • Alterações digestivas no latente, tais como, refluxo e cólicas frequentes, vómito, obstipação;
  • Irritabilidade;
  • Amamentação - alterações na sucção e deglutição do bebé;
  • Choro sem causa aparente.
 
 
 
 
As técnicas aplicadas não são dolorosas nem invasivas e a avaliação do bebé deve ser feita o mais precoce possível, de forma a obtermos um melhor resultado, acompanhando as diferentes fases de desenvolvimento da criança.
 
 
 
Marque a sua Consulta ou Tratamento
 
 
 
 
*
 
*
 
*
 
 
 
Horário
 
 
:
 
Local da Consulta
 
 
Especialidade